Lamas Bier

Água+Malte+Lúpulo+Fermento+Doidos=Lamas Bier Veja mais »

Lamas Brew Tool

O APP do Cervejeiro Caseiro Veja mais »

Fichários Lamas

Suas receitas, bem guardadas Veja mais »

maltes The Swaen

A alma que sua cerveja precisava Veja mais »

Lúpulo Na Veia

Primeiro Kit Single Hop do Brasil, experimente.... Veja mais »

 

Category Archives: lama lavoro II

A Missa – Sede dos Lamas

A tão sonhada autosuficiencia foi alcançada!!!!

Um dia histórico para os Lamas. Hoje temos 4 tipos que foram apreciadas juntas com um churrascos básico. A Lama Porcaria, Lama Mud, Lama Revolution 32 e a estreiante em barril Lavoro II (leva especial do Encontro da Acerva Paulista).

Antes de mais nada, resovelmos estreirar nossos rotulos, e ai estao para vc´s verem:

Lama Revolution 32 – Na garrafa de 500ml o rótulo ficou profissional!!

Todas elas juntos – Revolution 32, Porcaria e Mud.

Em outro ângulo.

Na realidade a Missa de hoje foi para estreiar a chopeira. Estavamos receosos da Lama Lavoro II (weissbier com especiarias) não estar legal. Mas ao tomarmos elas, mostrou-se uma legítima Lamas Bier, muito saborosa, espuma densa e persistente e aroma citrico, caracteristica básica dessa cerveja. Só tomamos dois copos para economizar para o Encontro de sábado da Acerva Paulista.

Nossa chopeira e nossa ultima leva , a lama Lavoro II, especialmente feita para o encontro da Acerva Paulista.

Creme persistente – Lavoro II

Agora é esperar o sábadão chegar e tomar todas elas…

Lama Lavoro II – witbier?

Essa leva não foi planejada. Ficamos sabendo que o próximo encontro de sócios da Acerva Paulista será aqui em Campinas e que será na nossa “sede”. Como o encontro será em menos de um mês resolvemos de ultíssima hora fazer um leva que foi um sucesso entre nossos amigos a Lama Lavoro, que esta muito mais para um weissbier que uma witbier como já comentamos em posts passados.

Sede atual dos Lamas

A diferença dessa leva para a original, foi o acréscimo de 0,5kg de malte pale ale, a retirada do malte munich, ao invés de 20g de lúpulo Mt. Hood usamos 11g e 9g de Sladek (simplesmente porque o Mt. Hood acabou). Usámos também as rampas de temperatura que usamos na última leva, a Lama Revolution 32. A OG ficou em 1,070. Propagamos o fermento T-58 uma hora antes da inoculação.
Se tudo der certo , essa leva vai para servir para estreiarmos nosso post-mix (keg ou barril). Agora é esperar.

T-58 sendo propagado antes de começar a “trabalhar pra valer”.

Nossos post-mix a espera de uma Lama 🙂