Água Mineral para Brassagem – será que posso confiar no rótulo?

Com o passar do tempo vamos nos aperfeiçoando nesse maravilhoso hobby, que é a fabricação caseira de cerveja. E com isso vamos aprimorando nossos técnicas de brassagem para cada vez mais nossa cerveja ficar cada vez melhor.

E um desses passos “técnicos” é o tratamento da água da brassagem. Saber a importância de elementos como Cálcio, Magnésio e outros na composição da água passa a ser um neura para cervejeiros mais experientes que querem tratar sua água para obter alguns resultados específicos.

Muitos de nós, cervejeiros, por praticidade usamos água mineral e usamos as informações do rótulo para saber se nossa água esta ok para nossa finalidade e se não estiver fazer os devidos ajustes com sais para obter o perfil que desejamos.

Para ajudar um pouco (ou complicar) nosso parceiro de longa data e cervejeiro Carlos Henrique (vulgo Carlão) diretor técnico do CETAN (Centro Tecnológico de Análises, laboratório referenciado do INMETRO) divulgou um estudo super completo de águas minerais que encontramos no mercado e as reais composições dela. Neste estudo é possível entender um pouco da importância de certos elementos na água, como ver a discrepância de dados informados no rótulo. Abaixo segue o link para baixar o estudo (em pdf)

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR O ESTUDO SOBRE ÁGUAS MINERAIS

E se você quiser fazer a análise se sua água (filtrada, de poço ou mineral) a Lamas em parceria com o CETAN oferece este serviço. Para mais detalhes clique aqui

3 Responses to Água Mineral para Brassagem – será que posso confiar no rótulo?

  1. João Carlos Catelan Veloso disse:

    Bom dia.
    Por gentileza eu gostaria de saber qual a agua mais apropriada para se fabriacar a minha breja.

  2. David - Lamas disse:

    João, use agua filtrado (sem cloro). De inicio, basta isso. Com o tempo vc poderá “fazer” sua propria agua para obter caracteristicas unicas em sua cerveja

  3. Alexandre disse:

    Muito bom. Obrigado pela análise 🙂

    Estava curioso sobre a água Bonafont da Danone, já que no rótulo diz ter quantidades muito baixas de sais, o que deveria facilitar sua manipulação, mas a análise deles foi feita a quase 5 anos, ou seja, não da para confiar. Eu até entrei em contato com eles para ver se eles podem prover uma informação mais recente e me disseram que irão dar um retorno, mas não tenho muita esperança nisso…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *