Brassagem-Aula em Passa Quatro

Há algumas semanas a prefeitura da cidade de Passa Quatro em MG nos convidou para conduzir um workshop sobre fabricação de cerveja em casa. E para lá partimos de mala e cuia na última sexta feira. 
Nosso workshop foi uma das atrações do festival de gastronomia de Passa Quatro, o Passa Quatro Gourmet.

Serra da Mantiqueira ao fundo

A cidade de Passa Quatro ( não é Santa Rita do Passa Quatro em SP) é uma agradabilíssima cidade do sul mineiro de 14 mil habitantes a apenas 40km da Via Dutra no exato “meio” do caminho entre São Paulo e Rio de Janeiro. A cidade fica encravada na Serra da Mantiqueira no meio de um vale, com casario antigo super preservado e com uma Maria Fumaça inaugurada por D. Pedro II e operando até hoje.

O túnel citado nesta placa é a divisa SP/MG um dos principais palcos de conflito da Revolução de 32 

Casa das máquinas

Maria-Fumaça e vagão de passageiros
Mas o que muitos não sabem é a importancia de Passa Quatro na História Brasileira recente. E é essa importância que tornou nossa brassagem na Serra da Mantiqueira tão simbólica para nós dos Lamas. Foi em Passa Quatro que a Revolução Constitucionalista de 1932 teve suas batalhas mais importantes. Esta cidade foi um dos principais palcos dos combates de 32. Foi lá que o Gen. Dutra comandou os legalistas e foi lá onde o então médico Dr. Juscelino Kubitschek trabalhou no Banco de Sangue, por ele fundado, para amparar os soldados feridos na batalha. Foi lá que Juscelino atribui o inicio de sua carreira política.
Passa Quatro foi invadida pelos Paulistas, um dia após o inicio da revolução em 9 de julho de 1932 devido a sua proximidade com a fronteira.
Mas porque isso é tão importante para nós? Porque uma de nossas melhores e mais famosas cervejas é uma homenagem a essa revolução, a Revolution 32. Quando chegamos na cidade, não sabíamos de sua importância nesta revolução. E ficamos um tanto quanto emocionados de estar num lugar que indiretamente inspirou a nossa mais nobre cria. E mais, no mês de nosso aniversário cervejeiro, maio. Foi um fim de semana muito especial e simbólico para nós.

Chef Luiz do Senac ensinado a fazer uma galinhada com pinhão 
Ao chegar na cidade vimos cartazes e mais cartazes anunciando nosso Workshop…o que nos deixou mais felizes. E era engraçado as pessoas nos pararem na rua é perguntar: “São vocês que vão fazer cerveja ao vivo? E funciona mesmo??” E foram muitas pessoas parando a gente para fazer essa pergunta. No final do workshop, acho que cumprimos nosso papel de instigar a curiosidade de todos que assistiram.

Programação pela cidade toda

Tivemos um tempo bem reduzido, então não fizemos um curso, como queriamos, a idéia foi conduzir uma brassagem e instigar a curiosidade de todos. E acho que atingimos nosso objetivo. Acho que teremos uma leva boa de novos cervejeiros Passa-Quatrenses :). A turma interagia muito o que foi bacana.  Para ajudar na interação levamos 50L de cervejas nossas : 20L de Porcaria (IPA), 20L de Lavoris (black wit)  e 10L da APA do Italiano. As cervejas acabaram bem rápido…bom, não sabemos se é pq gostaram ou pq estavam com sede rsrs.

 Alessandro tirando as dúvidas do alunos da primeira aula de fabricação de cerveja de Passa Quatro.

Elso na recirculação
Turma atenta na moagem perfeita do malte.
Para quem quiser reproduzir a receita que fizemos, segue ela:
IPA da Mantiqueira – Receita para 20 L de cerveja
Malte:
4 kg de Pilsen
1 kg de Caramunich II
Rampa:
única de 68ºC por 50 minutos
recirculação constante.
Lúpulos
50g de magnum por 60 min
49 IBU’s
Fermento:
1 sache S-04
OG (gravidade inicial): 1,057

Queima do Alho com tropeiros. Ao fundo a histórica Estação de Trem 
Local do Passa Quatro Gourmet. 

Foi um fim de semana memorável e que ano que vem possamos participar de novo desta festa. Queremos deixar registrado um especial agradecimento ao Renatão e a Vanesca da Sauber Beer que também estavam presentes nos ajudando na brassagem. E também à Prefeitura de Passa Quatro pelo convite.

2 Responses to Brassagem-Aula em Passa Quatro

  1. Pena q não pude estar lá com vcs!

  2. Bacana, bem bacana! Parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *